Depressão, Assédio Moral, Suicídio são temas de palestra no TRE-MT

O painel foi mediado pelo secretário de Gestão de Pessoas do TRE, Valmir Nascimento Milomen

Depressão, Assédio Moral, Suicídio são temas de palestra no TRE-MT

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) tem investido no equilíbrio emocional de seus servidores como forma de proporcionar o cumprimento das metas e objetivos da gestão. Neste sentido, começou nessa segunda-feira (23.09) uma série de atividades voltadas para a saúde do servidor. A cerimônia de abertura contou com um painel de discussão sobre ‘Saúde mental, assédio moral e as relações no ambiente de trabalho”.


“Nosso tribunal é uma instituição. Ele tem seus prédios, seu mobiliário, os equipamentos, urnas eletrônicas, ou seja, uma grande estrutura, porém, o maior valor que temos é a força de trabalho. O valor humano é primordial, e é este que deve ser reconhecido e receber investimento. Esta Semana da Saúde foi feita pensando nisso, com temas múltiplos, como assédio moral, comunicação não violenta, gerenciamento de stress, ergonomia, comunicação saudável, entre outros”, destacou o presidente do TRE, desembargador Gilberto Giraldelli.


“Precisamos que os servidores tenham força de vontade, interesse em produzir, e ter um bom ambiente de trabalho é fundamental neste sentido. Nós passamos um terço de nossas vidas no trabalho, é necessário que este ambiente seja saudável. Este mês de setembro marca a prevenção ao suicídio, temos visto uma grande quantidade desses números, o que nos preocupa. Por isso iniciamos com uma palestra abordando este tema”, reforçou Giraldelli.


“Como se descobre se a outra pessoa está deprimida? ”. Esta foi uma das perguntas feitas pelo médico psiquiatra e presidente da Associação Mato-Grossense de Psiquiatria, Carlos Renato de Lima Periotto, durante sua palestra. “Não existe um exame de sangue, não existe marcadores biológicos. É conversando com a pessoa, observando seus gestos e atitudes. Descobrir como ela era antes e como está agora. Muitos pacientes tem uma antecipação de pensamentos catastróficos, negativos, uma sensação de perigo eminente e constante”.


Ele explicou o trabalho desenvolvido pela psiquiatria, uma vez que ainda existe temor de algumas pessoas em buscar o tratamento. O médico explicou que o cérebro, mais especificamente, os neurotransmissores, estão diretamente ligados a tristeza prolongada, por isso a intervenção por medicamentos. “No caso da esquizofrenia, por exemplo, é uma desregulamentação da dopamina, e por isso se usa este medicamento para regulação. É isso que a psiquiatria faz, tenta acessar as doenças mentais. Infelizmente o suicídio acaba sendo um desfecho comum dessas doenças mentais”.


Como um fator preocupante no ambiente de trabalho, coube a juíza da 3ª Vara do Trabalho, Leda Borges Lima, falar sobre o assédio moral. “O assédio moral é toda e qualquer conduta abusiva, manifestando-se por comportamentos, palavras, atos, gestos falados ou escritos que possam trazer danos a personalidade, a dignidade ou a integridade física e psíquica de uma pessoa, pondo em perigo seu emprego ou degradando o ambiente de trabalho”.


Ela ressaltou que as vezes é feita uma brincadeira entre colegas relacionada com a cor, com a opção sexual, ou com a origem da pessoa, e isso pode causar mágoas profundas. “É necessário pensar o que estamos fazendo entre os colegas de trabalho. Não é porque o trabalhador está no mesmo nível hierárquico que posso falar tudo, posso fazer todas as brincadeiras”.


O painel foi mediado pelo secretário de Gestão de Pessoas do TRE, Valmir Nascimento Milomen. “Sabendo como o ser humano é complexo, entendemos a necessidade de trabalhar estes assuntos de forma interdisciplinar, tanto no aspecto médico como jurídico. Esta é uma preocupação da Gestão de Pessoas”.


A Semana da Saúde é uma atividade desenvolvida pela Coordenadoria de Assistência Médica e Social. Na terça-feira (24) estão previstas três atividades. Das 08 horas às 10 horas na sala da EJE, Quick Massage, liberação miofascial, auriculoterapia e reflexologia podal com os acadêmicos de fisioterapia da Fasipe; das 9 horas às 10 horas na sala de treinamento da CED, oficina de comunicação não-violenta com a facilitadora Juliana Matsuoka; e das 10h30 às 11h30, na copa do piso térreo, oficina Alimentação Saudável – bolo fit de banana e aveia com a facilitadora Ana Carolina de Oliveira Simões.


Na quarta-feira será montado um ponto de orientação ergonômica no pavimento térreo do TRE das 07h30 às 10 horas, sendo que às 09 horas, no Auditório da Casa da Democracia, terá início a palestra “Gerenciamento do Estresse no Trabalho”, com a mestre em Psicologia Clínica, Deise Abegão de Camargo. Encerrando a Semana da Saúde, na quinta-feira (26), uma palestra dedicada aos estagiários da Justiça Eleitoral. Viviane Zaitum irá falar sobre a “Saúde Mental dos Universitários”.

 

Matéria Daniel Dino
Assessoria TRE-MT

Últimas notícias postadas

Recentes