Em tempo de Pandemia, TRE-MT intensificou ações voltadas ao bem-estar físico e mental e à qualidade de vida dos servidores

Para que o regresso às atividades ocorresse de forma segura a saúde individual e coletiva, foi instituído o Gabinete Extraordinário de Gestão Integrada – COVID 19 (GAEGI).

A Justiça Eleitoral de Mato Grosso sempre investiu em ações voltadas a zelar e promover o bem-estar físico e mental/psíquico e à qualidade de vida de seus servidores no ambiente laboral. No entanto, nos últimos dois anos, principalmente em 2020, quando surgiu a Pandemia do COVID-19, essa área passou a receber uma atenção ainda maior da Gestão e iniciativas inovadoras foram implementadas.

 

Em março de 2020, o país vivenciava o 1º pico da Pandemia do COVID-19, e como forma de prevenção ao contágio, os servidores do Tribunal passaram a laborar na modalidade remota. O teletrabalho foi mantido até agosto, quando se iniciou o retorno gradual das atividades presenciais. Para que o regresso às atividades ocorresse de forma segura a saúde individual e coletiva, foi instituído o Gabinete Extraordinário de Gestão Integrada – COVID 19 (GAEGI). Atualmente, com o agravamento da Pandemia, o trabalho remoto foi retomado.

 

O GAEGI elaborou o Plano de Retomada Gradual dos Serviços Presenciais. O documento contemplou os seguintes eixos: Gestão de Pessoas e Saúde Coletiva, Segurança no Ambiente Interno e Externo de Trabalho, Tecnologia da Informação/Apoio Tecnológico, Revisões Contratuais e Orçamentárias e Comunicação Institucional.

 

Com parte do Plano, foi realizada de forma prévia e continua a desinfecção de toda a estrutura física do Tribunal, com adoção de protocolo sanitário diferenciado nos espaços de atendimento ao público e dos equipamentos. Cartazes e banners com orientações sobre as medidas de prevenção e controle ao COVID 19 foram fixados em locais estratégicos do Tribunal e dos Cartórios Eleitorais.

 

A Coordenadoria de Assistência Médica e Saúde (CAMS) empreendeu diversas iniciativas voltadas a prevenção e combate ao contágio do COVID-19. A unidade elaborou uma cartilha sobre o vírus e passou a repassar, via e-mail, aos setores que fazem atendimento ao público, orientações de condutas específicas; além de monitorar de forma contínua a situação epidemiológica no Estado, com recomendações ao retorno do teletrabalho quando necessário. Os casos suspeitos de COVID e, até mesmo os confirmados no Tribunal, também passaram a ser monitorados pela equipe médica. Para dimensionar o grupo de risco, a CAMS aplicou uma pesquisa.

 

Ciente que o cenário vivenciado pela pandemia, somado a adaptação ao trabalho remoto teria reflexo no psíquico/emocional dos servidores, o Tribunal disponibilizou o Plantão Psicológico online, como forma de ofertar acolhimento e orientações necessárias àqueles que possuíam alguma demanda psicológica. Foram realizados mais de 202 atendimentos. Com base nessas demandas, a CAMS enviou aos servidores, via e-mail, conteúdos sobre resiliência, fadiga da quarentena e tarefas do luto, para amenizar o impacto psicológico do momento vivenciado.

 

Ainda com foco no psíquico/emocional dos servidores, o Tribunal aplicou junto aos servidores uma pesquisa para coletar a percepção deles com o teletrabalho no que se refere a adaptação, desempenho, satisfação, ritmo de trabalho, suporte social, influência no trabalho, conflito trabalho-família, aspectos da saúde e liderança virtual. Com a iniciativa foi possível verificar a presença de riscos psicossociais que poderiam afetar a qualidade de vida do trabalhador, com reflexos negativos em seu relacionamento familiar, vida social e desempenho profissional.

A CAMS empreendeu diversas ações no formato virtual para o alcance de todos os servidores e colaboradores da Instituição. Foram realizados bate-papos online com os temas “Teletrabalho e Isolamento Social”, “Técnicas Respiratórias do Yoga para o Bem-Estar”, “A Pandemia e os Transtornos de Ansiedade” e “Desconfinamento”. Já as palestras abordaram a “Alimentação e exercícios físicos em tempos de quarentena”, “Boas Práticas de Ergonomia no Teletrabalho” e “Covid-19 – Panorama Geral e Recomendações Médicas”.

 

Para proteger a saúde dos servidores em relação a outras cepas virais, o Tribunal promoveu a Campanha de Vacinação antigripal. Uma logística foi montada nas dependências da Instituição para vacinar os servidores com total segurança.

 

Em 2019, com foco na qualidade de vida dos servidores e de forma inédita as correições realizadas pela Corregedoria Regional Eleitoral de Mato Grosso passaram a ser acompanhadas por uma equipe da SGP. Enquanto a equipe técnica da CRE verifica a regularidade de 382 quesitos e se o funcionamento do cartório está de acordo a legislação vigente, a equipe da SGP dialoga com os servidores do cartório para verificar o clima organizacional e, se necessário, posteriormente adotar as providências necessárias para restabelecer o equilíbrio e harmonia no ambiente laboral.

 

 

Ações presenciais

 

Em 2019, as ações promovidas pela CAMS ocorreram na modalidade presencial. Na Semana da Saúde, foi ofertado Terapias Fisioterápicas: Quick Massage, liberação miofascial, auriculoterapia e reflexologia podal. Também foram realizadas oficinas sobre comunicação não violenta e alimentação saudável. Por fim, aconteceu um painel de discussão sobre ‘Saúde mental, assédio moral, relações no ambiente de trabalho e comunicação saudável”. Até mesmo um ponto de orientação ergonômica foi montado no pavimento térreo do TRE e os estagiários assistiram a palestra “Saúde Mental dos Universitários”.

 

Foi em 2019 que a CAMS implementou o Diálogo da Saúde. Desde então, toda semana, tutoriais sobre temas da área da saúde, como fobia, pânico, depressão e transtornos alimentares são enviados aos servidores, como forma de muni-los de informações para enfrentar diversas doenças. O projeto prevê ainda a realização de oficinas setoriais de aproximadamente 40 minutos, ocasião em que conhecimentos relacionados a saúde são compartilhados e os participantes refletem sobre os assuntos em pauta. As oficinas são gerenciadas pela psicóloga organizacional do TRE, Viviane Zaitum.

 

Como forma de auxiliar os servidores a lidarem melhor com o stress e manter a produtividade funcional, o TRE investiu em ações que os auxiliem nesse sentido. Foi promovida a palestra “O stress está dentro de você. A arte de gerenciá-lo”.

 

Em busca de incentivar os servidores a prática de atividades físicas, a CAMS realizou a “1ª Caminhada pela Saúde e Ação Solidária”.

 

Ainda em 2019, a CAMS implementou algumas atividades fixas, como a ginástica laboral, a prática de Yoga Laboral e o projeto “O Peso da Alimentação”, o qual consiste em encontros semanais para discutir o tema. Essas iniciativas estão suspensas por conta da Pandemia.

 

No final de 2020, a SGP promoveu um evento especial. O psicólogo e escritor Rossandro Klinjey ministrou a palestra "O Poder da Esperança e da Fé na Superação das Dificuldades".

 

Por fim, o TRE marcou presença no 2º Seminário Nacional sobre a Saúde dos Magistrados e Servidores do Poder Judiciário. Realizado em Brasília, o evento buscou produzir um ambiente de compartilhamento para as melhores práticas na área da atenção à saúde realizadas nos tribunais brasileiros. 

 

“Nosso Tribunal é uma Instituição, que possui prédios, mobiliários, equipamentos eletrônicos, urnas eletrônicas, ou seja, uma grande estrutura, porém, o nosso maior patrimônio é a nossa força de trabalho. O valor humano é primordial, sempre”, destacou o presidente do TRE, desembargador Gilberto Giraldelli.

 

Jornalista: Andréa Martins Oliveira

Últimas notícias postadas

Recentes