Auditoria Interna do TRE-MT realiza Workshop virtual

O Workshop foi facilitado pela Seção de Acompanhamento e Avaliação Contínua a (SAAC).

O Workshop foi facilitado pela Seção de Acompanhamento e Avaliação Contínua a (SAAC).

Os processos de auditoria interna da Justiça Eleitoral de Mato Grosso seguem sendo aprimorados neste mês de novembro e dezembro. Um workshop foi realizado internamente na Coordenadoria de Auditoria Interna do TRE-MT (COAUD) com objetivo de levantar as expectativas, limitações, medos e perspectivas da equipe. Durante o treinamento, foram detalhadas as melhores formas para aplicação de técnicas de planejamento e avaliação de riscos na preparação e elaboração dos Planos de auditoria e da estratégia de atuação do setor.

“O objetivo é agregar valor aos processos de trabalho do Tribunal. Este trabalho é extremamente importante para definição de estratégias, isso devido aos cenários instáveis vivenciados, e também pelo fato de que a função de auditoria interna passou recentemente por mudanças importantes, tendo sido separada de outras atividades da organização e aperfeiçoada em vários aspectos por meio da Resolução TRE-MT n. 2533/2020”, destacou o coordenador de Auditoria Interna, Daniel Taurines.

O Workshop foi facilitado pela Seção de Acompanhamento e Avaliação Contínua (SAAC). Ele abrangeu a  análise de cenários, internos e externos ao setor; o levantamento de fatores internos e externos utilizando-se a técnica da Matriz SWOT (avaliação em quadrantes das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças à função de Auditoria Interna).

O evento foi realizado por videoconferência, com o auxílio de moderna ferramenta de interação síncrona de quadros virtuais, em que toda a equipe contribui em um mesmo espaço interativo. Como resultado dos trabalhos, a equipe da COAUD espera que os planos de auditoria sejam elaborado com maior maturidade e estratégia, abrangendo riscos relevantes para o TRE-MT e ao mesmo tempo otimizar o trabalho em equipe.

Benedito Antonio da Costa, titular da SAAC e um dos facilitadores do evento, esclarece que dentre as técnicas utilizadas no Workshop estão a citada matriz SWOT, a avaliação de cenários, organogramas, componentes do padrão COSO de avaliação de entidade, cadeia de valor, balanced scorecard, modelo de maturidade de auditorias, e também um modelo de avaliação de riscos baseada em interação auxiliada por recursos didáticos.

Segundo Marley Oliveira Santos, titular da Seção de Auditoria Técnica, “a utilização, pelas seções da COAUD, do resultado das avaliações para confecção dos planos anuais, plurianuais e no planejamento de outras ações específicas, resultará em planejamentos com maior maturidade e eficácia”.

 

 

Jornalista Daniel Dino

Últimas notícias postadas

Recentes