Nota de pesar pelo falecimento do Desembargador Jurandir Florêncio de Castilho

O Desembargador atuou como corregedor regional eleitoral no biênio 2000/2001 e como presidente do TRE no biênio 2001/2002.

TRE-MT NOTA DE PESAR

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, por meio de seus magistrados e servidores, manifesta profundo pesar pelo falecimento do Desembargador aposentado Jurandir Florêncio de Castilho, aos 79 anos, em Cuiabá. Ele faleceu neste domingo (10 de maio) após lutar bravamente contra o câncer.

O Desembargador atuou como corregedor regional eleitoral no biênio 2000/2001 e como presidente do TRE no biênio 2001/2002.

Segundo informou o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, o corpo do Desembargador será velado a partir das 12h, na sede do Grande Oriente do Brasil (GOB), localizada na Avenida do CPA. O velório seguirá até as 16h, e será solicitado o uso de máscaras de proteção facial, além das precauções necessárias em razão da pandemia. O sepultamento será realizado na sequência, com saída prevista para as 16h, no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

Jurandir Florêncio de Castilho deixa a esposa Laudicéia Castilho, oito filhos, 19 netos e sete bisnetos. Ele é pai de Elizabete Castilho, Juramar Ramos de Castilho, Jurandir Florêncio de Castilho Júnior (juiz da 14ª Vara Criminal), Adélia Maria de Castilho, Giselle Ramos de Castilho Teixeira (servidora do Programa Bem Viver – DRH), Wanessa Nataly Castilho (servidora da Corregedoria), Hugo Florêncio de Castilho e Breno Florêncio de Castilho.

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes