SoleTRE/2020: alunos recebem vale transporte

O projeto SoleTRE é um curso de alfabetização solidária destinado a jovens, adultos e idosos que não tiveram a oportunidade de aprender a ler e escrever.

Alunos do soletre recebendo vale transporte

Os 30 novos alunos matriculados no SoleTRE 2020, 2ª edição, compareceram ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso para receber o vale transporte. A entrega das passagens aos alfabetizandos é apenas uma, entre outras iniciativas adotadas pela organização do projeto, para facilitar e fortalecer a participação dos alunos. Na turma de 2019, alguns estudantes passaram por consulta oftalmológica, ganharam óculos doados por uma ótica e ainda, em todas as aulas participaram de lanche coletivo fornecido por uma empresa do ramo alimentício.

 

“Buscamos parcerias para ofertar aos nossos alunos meios que os ajudem a permanecer conosco até o fim. Sabemos que muitos podem desistir por não ter condições sequer de pagar o transporte público, então, contamos com a Secretaria Municipal de Transporte Urbano, que disponibiliza o vale transporte. Outros podem ter dificuldade de aprender por problemas na visão, então, conseguimos a consulta gratuita com um médico oftalmologista e uma ótica doou os óculos. Por fim, sabemos que muitos saem de casa sem ter tomado o café da manhã, então, oferecemos um lanche no intervalo das aulas. Este ano, convidamos aqueles – médicos, empresas do ramo alimentício a vir somar conosco”, explicou o coordenador jurídico da Corregedoria Regional Eleitoral, Carlos Luanga.

 

O aluno Marcelo dos Santos Silva fez questão de buscar os vales transportes. Ele, que trabalha como cuidador de carro, garante que vai abraçar a oportunidade oferecida pelo SoleTRE. “Vim aqui para conhecer, para ver se pelo menos aprendo a ler, para ter uma profissão. Para ter alguma coisa na vida, porque sem estudo não temos nada. Agradeço muito a oportunidade, o que as pessoas estão fazendo por nós aqui, que Deus abençoe e abra as portas para mais pessoas, não só nós”.

 

Quem também fez questão de buscar as passagens para frequentas as aulas foi o tratorista Mauro Sérgio. “É a primeira vez que eu tô vindo estudar, porque eu nunca estudei na vida. Esse projeto vai mudar muitas coisas também, que eu nunca aprendi a ler, nem escrever. A gente tem que aprender a fazer as coisas, para a gente ser alguém na vida, subir também né?”.

 

SoleTRE

O projeto SoleTRE é um curso de alfabetização solidária destinado a jovens, adultos e idosos que não tiveram a oportunidade de aprender a ler e escrever. As aulas serão ministradas por voluntários da sociedade civil, servidores da casa e conta, nesta edição, com o apoio de servidores da Justiça Federal, ou seja, é totalmente baseado no voluntariado e não há dispêndio de recursos públicos. O SoleTRE nasceu da necessidade de se promover a inclusão social, despertar a cidadania e reduzir o quantitativo de eleitores analfabetos. No cadastro da Justiça Eleitoral o número de eleitores que se declarou analfabeto chega a 3.645 eleitores.

 

O curso terá a duração de 5 meses. As aulas terão início no dia 11 de fevereiro, com término em 25 de junho.

O curso acontecerá nas salas de aulas da Escola Judiciária Eleitoral, na Casa da Democracia, todas as terças e quintas-feiras (exceto feriados)  das 08:00 às 10:00 horas.

 

Jornalista: Andréa Martins Oliveira

Últimas notícias postadas

Recentes