Revisão: Eleitores de Denise têm até o dia 18 de dezembro para cadastrar biometria

Dos 5,1 mil eleitores convocados no início da revisão do eleitorado, 3,3 mil já compareceram, sendo assim, 1,8 mil eleitores podem ter seus títulos cancelados.

Imagem mostra dois dedoches da Justiça Eleitoral uma senhora e um estudante ao lado esquerdo. Ab...

O Tribunal Regional Eleitoral prorrogou a revisão do eleitorado do município de Denise para o dia 18 de dezembro. A medida foi necessária para conseguir atender o fluxo de pessoas que têm buscado os serviços da Justiça Eleitoral. Dos 5,1 mil eleitores convocados no início da revisão do eleitorado, 3,3 mil já compareceram, sendo assim, 1,8 mil eleitores podem ter seus títulos cancelados.

 

“Nós vamos ampliar o número de atendentes nestes últimos dias da revisão. A população está atendendo ao chamado da Justiça Eleitoral, compreendendo a importância de estar regular, de votar e participar da escolha dos representantes políticos. Acredito que estas duas semanas a mais de atendimento serão muito importantes para avançar a biometria em Denise”, destacou o chefe de cartório da 13ª Zona Eleitoral, Henrique Cezar Goncalves Parreira.

 

Além da revisão dos eleitores, o posto de atendimento eleitoral em Denise registrou 225 transferências eleitorais, quando um eleitor tinha um título em um outro domicílio eleitoral, e 170 alistamentos, novos eleitores com o primeiro título eleitoral.

 

O posto eleitoral está instalado na Câmara Municipal, e funciona em dias úteis das 07h30 às 13h30. Para fazer a biometria, é necessário levar um documento de identidade oficial (RG, Carteira de Trabalho, Carteira profissional, CNH e outros definidos em lei), comprovante de endereço e, caso tenham, CPF e título de eleitor. No caso de emissão do primeiro título eleitoral para homens com mais de 18 anos é necessário também apresentar comprovante de quitação militar.

 

O eleitor que não comparecer terá o título eleitoral cancelado e não poderá se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.

 

 

Jornalista Daniel Dino

Assessoria TRE-MT

Últimas notícias postadas

Recentes