TRE-MT apresenta Plano de Ações para retomada gradual de serviços presenciais

São cinco eixos temáticos para organizar a atuação da Justiça Eleitoral neste desafio: Gestão de Pessoas e Saúde Coletiva; Segurança no Ambiente Interno e Externo de Trabalho; Tecnologia da Informação /Apoio Tecnológico; Revisões Contratuais e Orçamentárias; e Comunicação Institucional

TRE-MT

A Justiça Eleitoral de Mato Grosso concluiu a segunda fase de seu ‘Plano de Retomada Gradual dos Serviços Presenciais’. Trata-se das ações necessárias para prestação de serviços presenciais, assim como responsáveis e prazos para sua execução. Ainda não há uma data definida para o retorno presencial dos servidores, porém o trabalho mostra como isso irá acontecer preservando a saúde de todos, servidores e eleitores.  

Veja aqui o Plano de Ações

 “O trabalho consiste na apresentação concreta dos planos de atuação de cada eixo temático previamente estabelecido, com as definições de prazos e respectivos responsáveis. A partir desta etapa as unidades administrativas deste Tribunal poderão identificar, organizar e controlar as ações necessárias para a boa condução dos objetivos definidos no Plano Geral. Com base nos trabalhos ora apresentados, poderemos monitorar a execução das ações que serão levadas a cabo até o dia 31 de dezembro de 2020, sem perder a perspectiva inicial e a premissa maior estabelecida por esta Gestão, no sentido de assegurar o nosso regresso às atividades de modo seguro, preservando, acima de tudo, a saúde individual e coletiva”, destacou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Gilberto Giraldelli.

 

Segundo o diretor geral do TRE-MT, Mauro Diogo, o plano foi construído de forma transversal, onde todas as unidades tiveram a oportunidade de contribuir. “Por meio do Gabinete Extraordinário de Gestão Integrada da Covid-19, realizamos a sistematização de ações que sejam eficazes à preparação de um ambiente de trabalho seguro. Especificamos cinco eixos temáticos para organizar a atuação da Justiça Eleitoral neste desafio: Gestão de Pessoas e Saúde Coletiva; Segurança no Ambiente Interno e Externo de Trabalho; Tecnologia da Informação /Apoio Tecnológico; Revisões Contratuais e Orçamentárias; e Comunicação Institucional”.

 

O diretor explicou que o retorno presencial não acontecerá abruptamente, porém é necessário para que a eleição aconteça. “Montamos um plano de ação que gera confiança e segurança aos que trabalham, e aos que recorrem aos serviços eleitorais. Temos uma eleição se aproximando e toda a preparação precisa ser iniciada”. 

 

jornalista Daniel Dino

Assessoria TRE_MT

Últimas notícias postadas

Recentes