Justiça Eleitoral instala posto de atendimento ao eleitor na Univag e na Escola Maria das Graças Pinto

Atenção eleitor de Várzea Grande!

Imagem mostra a logo da Justiça Eleitoral e abaixo a logo da UNivag e a logo da prefeitura de Vá...

Atenção eleitor de Várzea Grande! A Justiça Eleitoral instalou posto de atendimento ao eleitor na Univag e na Escola Maria das Graças, ambas unidades têm caráter temporário. Com a instalação desses dois postos, subiu para quatro os locais de atendimento ao eleitor no município.

 

Veja os locais e horários de atendimento:

 

O posto eleitoral na Univag está instalado no bloco administrativo e funciona de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 08h às 18h.  Já o posto na Escola Maria das Graças Pinto funciona das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, em dias úteis.

 

A Central de Atendimento ao Eleitor, situada na Avenida Castelo Branco funciona de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 7h30 às 13h30. Essa semana (de 17 a 21 de fevereiro) a Central funcionará em horário estendido, das 8h às 18h.

 

Já o posto eleitoral instalado no Ganha Tempo – Cristo Rei funciona das 8h às 18h, em dias úteis, de segunda a sexta-feira.

 

Prazo para regularizar

 

O eleitor com pendências com a Justiça Eleitoral e que quiser votar na eleição suplementar para um cargo de senador e suplentes, que ocorrerá no dia 26 de abril, tem até o dia 21 deste mês para procurar a unidade de atendimento em seu município, para regularizar.

 

Já para votar na eleição municipal, que acontece em outubro deste ano, o prazo para regularizar termina no dia 06 de maio.

 

No dia 6 de maio, o cadastro nacional de eleitores fecha, em caráter definitivo, para as eleições municipais. A medida é necessária porque os dados dos eleitores são utilizados nas cargas das urnas eletrônicas e na impressão de cadernos de votação.

Consequências do título cancelado

Além de não votar, o eleitor com o título cancelado fica impedido de exercer diversos direitos civis, como tirar passaporte, tomar posse em cargo público, matricular-se em instituições de ensino superior, fazer empréstimo e ainda pode ter o CPF suspenso.

 

Jornalista: Andréa Martins Oliveira

Últimas notícias postadas

Recentes