Diamantino recebe o “Diálogos da Cidadania”

O Diálogos da Cidadania de Diamantino foi a 14ª edição do projeto

Diamantino

Cerca de 250 pessoas participaram nesta quinta-feira (11.04) do “Diálogos da Cidadania”, no município de Diamantino/MT. O evento é realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) em parceria com a Universidade de Mato Grosso (Unemat). A iniciativa busca ampliar na sociedade a consciência sobre os direitos da população e as possibilidades de participação no controle das políticas públicas.

Para o aluno da 10 º semestre do curso de Direito da Unemat, Wellington Mendes, o Diálogos apresentou uma realidade diferente sobre a participação da população em geral na atuação do Governo. “É muito importante e interessante saber que a cidadania é tão acessível. Através dessas palestras, desses diálogos, pudemos compreender melhor como as políticas públicas podem chegar até a população”.

Em sua palestra, o juiz membro do TRE, e diretor da Escola Judiciária Eleitoral, Antônio Peleja, explicou como funciona o controle social. “Esta troca de ideias é muito importante para que a nossa democracia seja fortalecida. Muitas vezes esquecemos de fazer a fiscalização pós eleição, outorgamos poderes aos políticos e não acompanhamos sua execução. O controle da população é essencial para cidadania. O TRE tem trabalhado muito para incentivar o exercício desse papel, seja no contexto individual e/ou coletivo”.

Para o articulista político, doutor João Edisom de Souza, a sociedade precisa fortalecer o poder público. “O Estado existe para equilibrar as forças dentro da sociedade, porém, sozinho não tem capacidade para fazer este processo completo. Nós precisamos exercer a cidadania, desde o voto que despeja responsabilidade sobre o político, mas principalmente após a eleição. Este papel de cidadão exige esforço, porém é necessário”.

O projeto “Diálogos da Cidadania” é coordenado pela Escola Judiciária Eleitoral de Mato Grosso (EJE-MT), e busca o aprofundamento e diversidade de ideias sobre a cidadania. Este foi o entendimento do estudante do 9 º semestre de Direito, Luis Guilherme. “Foi proveitoso ver as diferentes análises sobre o pensar cidadania, o seu ver filosófico, social, e principalmente, a nossa interação como indivíduos dentro de uma sociedade”.

O Diálogos da Cidadania de Diamantino foi a 14ª edição do projeto.

Matéria Daniel Dino
Assessoria TRE-MT

Últimas notícias postadas

Recentes

TRE-MT institui Código de Ética dos servidores

Será instituído um Conselho Permanente de Ética, que atuará como órgão consultivo, afim de dirimir eventuais dúvidas acerca da aplicabilidade do Código a casos concretos e existência de conflito de interesses.