TRE-MT recebe imóvel da União em Alto Araguaia

O Tribunal poderá fazer reestruturações no imóvel e melhor atender os eleitores do município.

Reunião Desembargador

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) recebeu oficialmente da União nesta segunda-feira (24.06) a propriedade do imóvel que já ocupa no município de Alto Araguaia. O prédio funciona desde 2017 como sede da 8ª Zona Eleitoral. Com a formalização da outorga, o Tribunal poderá fazer reestruturações no imóvel e melhor atender os eleitores do município.

 “Este é o principal objetivo da Justiça Eleitoral de Mato Grosso, atender bem a população, o eleitor que busca os serviços do TRE. Ao mesmo tempo, poderemos garantir uma estrutura mais adequada aos servidores que atuam no cartório, com um melhor ambiente de trabalho”, destacou o diretor geral do TRE-MT, Mauro Diogo.  Ele explicou que neste ano de 2019 será feito o projeto básico para uma reestruturação da unidade em Alto Araguaia, sendo que o orçamento necessário será planejado para 2020. “Vamos levantar todas as demandas de adequações necessárias, planejar a reforma, licitar, tudo para garantir que a obra seja totalmente executada no próximo ano”.

 O ato de outorga foi assinado pelo presidente do TRE-MT, desembargador Gilberto Giraldelli, e pela superintendente do Patrimônio da união em Mato Grosso, Lucimara Rodrigues Cordeiro Tavares. O município de Alto Araguaia possui dez mil eleitores cadastrados biometricamente e regularizados junto a Justiça Eleitoral.

 

Cáceres

 

Ainda neste ano, o Cartório da 6ª Zona Eleitoral, com sede em Cáceres, deverá receber um prédio próprio da União. “Será um novo modelo de gestão. Vamos atuar em conjunto com a Defensoria Pública da União, fazendo uma administração compartilhada. Será recepção única, contratos divididos, entre outros pontos. Acreditamos que este é um caminho que a administração pública deve seguir”, adiantou Mauro.

 

Matéria Daniel Dino

Assessoria TRE-MT

Últimas notícias postadas

Recentes